REDES

Protocolo de medidas para reabertura segura do comércio em Minas será lançado esta semana

Depois de várias solicitações da Federaminas junto ao Governo do Estado por medidas de flexibilização para a reabertura do comércio em Minas, o governador Romeu Zema anunciou, na manhã desta terça-feira (21/04), em entrevista exclusiva à Rádio Itatiaia, que vai lançar o protocolo para reativação gradual da economia ainda nesta semana. Segundo o governador, o objetivo do protocolo é dar mais uniformidade e segurança às prefeituras neste momento de retorno das atividades comerciais.

 

Na semana passada, representantes do Governo discutiram com entidades representativas do comércio, das empresas, das indústrias e do agronegócio as determinações que seriam incluídas neste protocolo para reativação gradual da economia em Minas. O presidente da Federaminas, Valmir Rodrigues, que participou da reunião, comemora os avanços do Executivo que vão beneficiar os empresários e, ao mesmo tempo, garantir a vida e a saúde das pessoas.

 

“A Federaminas fez inúmeros pedidos por essa flexibilização nas medidas restritivas do fechamento do comércio. Apresentamos ao governador a nossa pesquisa sobre a real situação financeira dos empresários mineiros com o fechamento compulsório dos estabelecimentos e mostramos que se a reabertura gradual e segura não fosse adotada o mais rápido possível, teríamos uma quebradeira e um desemprego em massa no Estado. O Governo ouviu o nosso pleito e hoje estamos mais esperançosos com o anúncio do lançamento desse protocolo”, explica Valmir Rodrigues.

 

Segundo o governador, o protocolo que será divulgado nesta semana prevê uma reativação gradual dos setores com muito critério e segurança. “Para estabelecimentos maiores, com mais de 500 colaboradores, devem ser adotados critérios mais rígidos, como medidor de temperatura. Já para uma empresa menor, com menos de 10 funcionários, não precisa disso. O protocolo prevê a adoção de distâncias mínimas entre clientes e funcionários, medidas de higiene em equipamentos de uso comum, isolamento para os caixas de estabelecimentos comerciais”, explica Romeu Zema. Ainda segundo o governador, o protocolo virá por meio de um decreto com determinações, que devem ser cumpridas, e com orientações.