REDES

Federaminas Mulher sem Fronteiras traz para o debate empresária com experiência no exterior

A Federaminas Mulher realizou, nesta terça-feira (13/07), o FEDERAMINAS SEM FRONTEIRAS com a participação da empresária Paula Sgromo, que abriu a primeira franquia nos EUA da Sodiê Doces. Em pauta, o empreendedorismo feminino muito além das fronteiras brasileiras e claro, os deliciosos doces que também conquistaram os norte-americanos. Foi um bate-papo descontraído, com muita troca de experiências sobre carreira, gestão de negócios, desafios, criatividade, inovação, ousadia.

 

A presidente da Federaminas Mulher, Yeda Fernal, agradeceu a participação da empresária e fez várias perguntas pertinentes sobre empreendedorismo feminino e seus desafios. Ela destacou a importância do trabalho constante para conquistar o sucesso tão almejado: “Não adianta você ter a franquia mais conhecida do mundo, tem que ter trabalho lá dentro”.

 

Paula contou que não visa no negócio somente o dinheiro que ele vai trazer de volta, que o dinheiro é sempre consequência. “O que eu amo fazer é desenvolver qualquer tipo de negócio e fazer ele crescer, independente se é a Sodiê Doces ou as roupinhas de bebê que eu vendia lá atrás”, completou Paula.

 

No decorrer do bate-papo, a convidada completou: “Sempre busco fazer bem feito e fazer com que a minha loja seja diferente de todas as outras, sem passar por cima de ninguém. E fazer diferente em várias frentes, no atendimento, no retorno para o cliente, no delivery”. Paula falou sobre o principal obstáculo de se ter comércio nos Estados Unidos: “Para quem tem comércio, o que é mais caro, é a mão de obra, é o meu top 1 de despesas, diferentemente do Brasil”, afirmou.

 

Para o presidente da Federaminas, Valmir Rodrigues, que também participou do bate-papo, o empreendedorismo feminino merece todo o apoio e os louros que tem colhido, resultado do empenho, dedicação e competência das mulheres empresárias. “O empreendedorismo feminino tem uma característica que o destaca de todos os outros. Ele está relacionado, interligado com a felicidade e a realização pessoal. Observem isso. As mulheres nos negócios são diferentes e se destacam, dentre outros fatores, por essa característica. Por isso fazemos questão de apoiar as empresárias mineiras”, afirmou Valmir.

 

“E a nossa Federaminas Mulher, na pessoa da presidente Yeda, pode contar com o nosso apoio nesse sentido de incentivar e dar todo o suporte para as empreendedoras mineiras”, concluiu o presidente.

 

Assessoria de Comunicação da Federaminas