REDES

Federaminas atua em defesa dos empresários, propondo a redução de juros e multa em parcelamento extraordinário instituído pela Procuradoria da Fazenda Nacional

A Federaminas, preocupada com a crise econômica enfrentada pelos comerciantes e empresários em função da pandemia do coronavírus, protocolou, na tarde de ontem, ofício junto à Procuradoria da Fazenda Nacional requerendo a flexibilização da cobrança de juros e multa em parcelamento extraordinário de débitos tributários federais estabelecido pela Portaria PGFN nº 7.820/2020.

Com essa medida, a Federaminas espera minimizar os danos desta crise sem precedentes e se coloca, mais uma vez, como parceira de primeira hora de todas as Federadas nessa causa.