REDES

Secretaria de Fazenda mostra preocupação com o aumento de cigarros contrabandeados em Minas

A Federaminas vem através de suas parcerias, transmitir as informações relativas ao Ofício Circular SEF/SUFIS nº 2/2019, recebido em meados de janeiro de 2019.

 Através da mencionada correspondência, a Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais manifesta sua preocupação com o aumento do volume comercializado de cigarros contrabandeados e falsificados em nosso Estado.   Dessa forma, em repressão às práticas citadas, a Superintendência de Fiscalização, orientou o procedimento através do qual iniciará o processo de suspensão ou cancelamento da Inscrição Estadual do estabelecimento onde for identificada a estocagem ou comercialização de cigarros contrabandeados ou falsos.   Vale ressaltar, que, referida prática configura crime devidamente caracterizado no Código Penal Brasileiro.  

Gostaríamos de falar também sobre o nosso novo projeto de comunicação da Federaminas, vamos investir nas plataformas de mídias digitais, dando bastante ênfase as redes sociais e á essa linguagem interativa, tornando mais simples e mais prático a comunicação entre nossos órgãos e parceiros.