REDES

Balanço no 2º Fórum mostra o sucesso do Pró-Município

O 2º Fórum Estadual do Pró-Município, realizado pela Federaminas no auditório da Codemig, em Belo Horizonte, no dia 2 de agosto, demonstrou o sucesso da execução deste projeto direcionado ao desenvolvimento local em 26 cidades do interior do Estado. O evento reuniu cerca de 60 presidentes de associações comerciais, prefeitos, vereadores e líderes de outros segmentos representando 12 localidades em que o programa foi implantado.

Prestes a completar um ano, o Pró-Município registra a aprovação de 23 leis instituindo conselhos municipais de desenvolvimento e, em decorrência, a criação de 52 câmaras técnicas para diversos segmentos. O destaque é o agronegócio, o que ressalta que Minas Gerais ainda é por tradição um território rural, sobressaindo a agricultura familiar, como avaliou o coordenador Nilson Borges ao fazer um balanço das ações já executadas.  

Outros segmentos contemplados com câmaras são desenvolvimento econômico, infraestrutura, empreendedorismo, turismo e educação.  

Na abertura do fórum, o presidente da Federaminas, Emílio Parolini, afirmou que a execução do Pró-Município demonstra "emoção e transformação", em vista dos seus resultados efetivos para aprimorar a governança e o progresso das cidades envolvidas.  

Durante o evento, foram apresentados cases de sucesso da execução do projeto em Belo Oriente, Janaúba, Paraopeba e São Roque de Minas.  

Estiveram representadas no 2º Fórum Estadual do Pró-Município as cidades de Angelândia, Belo Oriente, Itamarandiba, João Pinheiro, Minas Novas, Paraopeba, Porteirinha, Salinas, Três Pontas, Sacramento, Janaúba e Virgem da Lapa.