REDES

Senado aprova isenção do vale-transporte a trabalhador

Foi aprovado nesta quarta-feira (16) um projeto de lei que obriga o empregador a custear integralmente as despesas do empregado com o vale-transporte. A matéria, agora, será examinada pela Câmara dos Deputados.

 

Pela lei atual, o empregador pode descontar até 6% do salário do trabalhador para o vale. Na avaliação do autor, senador Fernando Collor (PTB-AL), o projeto vai contribuir para o aumento da renda dos trabalhadores, já que eles não terão mais participação no custeio do transporte para seu deslocamento ao trabalho.

 

De acordo com o relator da matéria, senador Paulo Paim (PT-RS), “essa alteração fará grande diferença no impacto do orçamento dos empregados e não causará tanto impacto nos custos das empresas".

 

 

Com Agência Senado