REDES

Salinas vira 2ª região reconhecida na produção de cachaça



 Salinas, em Minas Gerais, tornou-se uma região reconhecida oficialmente como indicação de procedência na produção de cachaça, após reconhecimento do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) na terça-feira. É a segunda região brasileira reconhecida na produção da bebida - a primeira foi Parati (RJ).

Apenas poderão levar o nome de Salinas as cachaças produzidas na cidade do mesmo nome e em mais sete municípios de Minas Gerais: Novorizonte, Taiobeiras, Rubelita, Santa Cruz de Salinas e Fruta de Leite. Segundo informou o Inpi, nestas cidades a cachaça é produzida de forma 100% artesanal, com uma lógica que resistiu às mudanças tecnológicas.

Ao longo dos anos, algumas cidades ou regiões ganham fama por causa de seus produtos ou serviços. O registro de Indicação Geográfica delimita a área de produção, restringe seu uso aos produtores da região, mantém os padrões locais e impede que outras pessoas usem o nome da região com produtos de baixa qualidade.


Fonte: Terra economia, publicado em 18712