REDES

Reunião discute “Minas Livre para Crescer”

Federaminas, ACEs e Governo debatem liberdade econômica e desburocratização

Na manhã da última sexta-feira (21/05), a Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Minas Gerais (Federaminas) promoveu uma reunião para discutir o programa "Minas Livre para Crescer" do governo do Estado. O presidente da Federação, Valmir Rodrigues, recebeu para esse debate o subsecretário de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Sedese), Douglas Augusto Cabido, e a assessora de Desburocratização da Sedese, Marilia Rodrigues. Vários representantes das ACEs também participaram do encontro, expuseram suas demandas e declararam seu apoio ao programa.


Rodrigues ressaltou que vem lutando pela desburocratização há muitos e muitos anos e, justamente por ser contador, sabe o sofrimento que as empresas enfrentam para ter um desenvolvimento econômico real. "Por isso esse programa veio em um momento muito bacana e nós precisamos estar cada vez mais preparados para nos desenvolvermos de verdade e, assim, gerarmos mais emprego e mais renda. Ainda estamos passando por um momento muito difícil, que é a pandemia, mas devemos estar preparados para o desenvolvimento", considerou.


Na avaliação do subsecretário de Desenvolvimento Econômico, os representantes do comércio, serviços, indústria e agricultura, que estão na linha de frente, precisam de uma ação como o "Minas Livre para Crescer". Segundo Cabido, é uma resposta que o poder público tem que dar a todo o setor. "O poder público deve responder com mais liberdade ainda para vocês empreenderem com total facilidade, diminuindo os custos, a burocracia e a atuação negligente e, às vezes, até excessiva de um agente público em campo", afirmou.


O subsecretário ainda completou que o mais importante é que as ACEs entendam e atuem junto aos municípios para estimular os gestores públicos municipais a adotarem medidas de desburocratização, a adotarem o seu programa municipal de liberdade econômica. "Porque quando governo federal, estado e município estiverem no mesmo alinhamento, não tem como dar errado, a liberdade econômica deu certo no mundo inteiro", argumentou Cabido.


Coube à assessora de Desburocratização da Sedese apresentar os detalhes do projeto "Minas Livre para Crescer" para os presentes. Marilia Rodrigues fez questão de agradecer a todos e todas pela parceria e empenho.


O vice-presidente da CDL, Lucas Pitta, enalteceu a iniciativa da Federaminas e das ACEs de atuarem como parceiras de primeira hora do governo mineiro na construção deste projeto. "O decreto da liberdade econômica estadual só foi possível graças à participação das entidades que representam os setores de comércio, serviços, indústria, que subsidiaram o governo com informações úteis, com as dores dos nossos associados", esclareceu.


"Desburocratizar e garantir a liberdade econômica é tudo que nós, empresários, queremos e precisamos. Estamos cansados de ser coadjuvantes do processo de desenvolvimento dos municípios. Essa é uma oportunidade real da gente realmente verificar nosso desenvolvimento econômico sustentado", avaliou positivamente o presidente da ACE de São Sebastião do Paraíso, Aílton Silos.


A presidente da Associação Comercial de Diamantina, Andreza de Andrade França, elogiou a atuação do presidente Valmir por trabalhar em prol dos empresários. "Esse projeto é fantástico, é uma notícia muito boa e Diamantina quer implantar o quanto antes, temos um ótimo relacionamento com a prefeitura daqui e vamos dar todo apoio", garantiu.


Participaram também da reunião Alina Gomes, gerente executiva da ACEAP; Mário Jacob, da Associação Comercial e da prefeitura de Ituiutaba; Patrick Pacheco, secretário de Desenvolvimento Econômico de Sacramento.


Assessoria de Comunicação da Federaminas