REDES

Federaminas se reúne com governador e presidente do TJMG

Governador disse que todas as regiões do Estado devem ir para a Onda Vermelha a partir da próxima quinta-feira, dia 22


O presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Minas Gerais (Federaminas), Valmir Rodrigues, se reuniu, na manhã desta terça-feira (20/04), com o governador do Estado, Romeu Zema, e o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Gilson Lemes. "Saio muito otimista deste encontro, pois, segundo o governador, as regiões que ainda estão na Onda Roxa do programa Minas Consciente devem progredir para a Onda Vermelha a partir da próxima quinta-feira, dia 22. Tudo indica que todo o estado irá para a Onda Vermelha. E isso será um grande alívio para o setor", informou Rodrigues. Também participaram da reunião virtual representantes da CDL/BH, da FCDL/MG, da Fecomércio


Além dessa boa notícia, foram discutidas as ações para reduzir os impactos da pandemia no setor e as medidas que devem ser tomadas para que o comércio não sofra novamente com as restrições. Segundo Rodrigues, a Federaminas tem construído um diálogo mais amplo com o Governo para evitar que as restrições voltem. "Queremos um caminho novo e, para isso, vamos continuar trabalhando incansavelmente, orientando toda a nossa base de associados e empresários de forma bem ampla sobre as normas de segurança para não deixar que os números piorem outra vez", explicou.


"Fomos obrigados a tomar essa decisão mais forte, caso contrário começaríamos a assistir cenas de horror, com pessoas morrendo na rua por falta de atendimento médico. Hoje, estamos otimistas, porque aquelas regiões que entraram na onda roxa inicialmente já tiveram uma melhoria expressiva nos números, principalmente de pessoas infectadas, e já avançaram para a onda vermelha. Então, peço que as entidades orientem ao máximo o comércio nessa reabertura, para que tome todas as medidas necessárias. Com consciência, certamente poderemos operar sem sobrecarregar o nosso sistema de Saúde", orientou Romeu Zema.


Chegar a um acordo, por meio do diálogo, para conciliar a Saúde Pública e o setor econômico foi o objetivo da reunião. A importância desse diálogo também foi destacada pelo presidente do TJMG. "Todas essas lideranças empresariais estiveram com a gente semana passada trazendo a preocupação com a reabertura do comércio, considerando que há algum tempo, em decorrência das restrições impostas pela onda roxa, estão impedidos de abrir. Isso preocupa a todos eles e a todos nós, inclusive ao senhor governador, sabendo também da preocupação que o senhor tem de termos um retorno gradual das atividades", disse.


Para o presidente da Federaminas, também é papel dos empresários conscientizar a população sobre a gravidade do problema. "Sabemos que o aumento do número de contaminados não tem relação direta com abertura do comércio. Vamos reforçar ainda mais esse trabalho de conscientização. Os empresários precisam ter mais paz para gerar negócios, manter os empregos e pagar os impostos", argumentou.


As boas notícias, segundo Rodrigues, são um alento nesta crise tão complexa. Por isso, ele fez questão de citar uma oração de um dos grandes escritores e poetas mineiros, Rubem Alves: "A persistência se dá mesmo na travessia do deserto". "Vamos vencer, vamos seguir nos ajudando uns aos outros. Sei que não está fácil, mas unidos tenho fé que vamos vencer", concluiu o presidente da Federaminas.


Assessoria de Comunicação da Federaminas