REDES

Federaminas na posse da direção do Sebrae



O Sebrae Nacional deve atender em 2011 a 1 milhão e 100 mil empresas, conforme a meta anunciada pelo presidente da diretoria executiva do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Luiz Barretto, na solenidade de posse dos novos dirigentes do órgão, realizada em 9 de fevereiro, em Brasília. A presidência do Conselho Deliberativo Nacional foi então assumida pelo empresário mineiro Roberto Simões, no evento do qual a Federaminas participou por intermédio do presidente Wander Luis Silva.
 
A nova direção do Sebrae deve continuar defendendo a bandeira da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, pregando a sua regulamentação pelos municípios, ao lado de políticas efetivas de desburocratização, de incentivo às compras governamentais e de acesso às novas tecnologias por parte das prefeituras.
 
Em seu discurso, o presidente Luiz Barretto destacou a importância das MPEs na economia do País, assinalando que os negócios de pequeno porte somam quase 6 milhões de empreendimentos e empregam 53% da força de trabalho formal. Em 2010, ressaltou, 72% dos cerca de 2,5 milhões de empregos formais criados foram nesse segmento. E, pela primeira vez, a informalidade no Brasil registrou gráfico decrescente, quando mais de 900 mil trabalhadores autônomos se registraram como empreendedores individuais, formalização que deve abranger mais 500 mil empreendedores em 2011.
 
Foto: Presidente do Sebrae, Luiz Barretto, durante apresentação para os colaboradores da instituição
Divulgação Sebrae