REDES

Federaminas lança a campanha “Um sonho de Natal para 2016

A Federaminas lançou no último dia 24 a campanha “Um sonho de Natal” para 2016, o segundo ano de um projeto bem-sucedido e que superou todas as expectativas da entidade. A primeira edição, em 2015, com a participação de mais de 70 associações comerciais (ACEs), foi considerada experiência altamente positiva por ter concorrido para alavancar vendas da ordem de mais de R$ 1 bilhão no período natalino em várias regiões do Estado. Neste ano, o projeto terá premiação de âmbito estadual ainda mais expressiva, totalizando R$ 700 mil, incluindo uma casa no valor de R$ 300 mil e cinco carros no valor de R$ 80 mil cada, prêmios que serão entregues em certificados de barras de ouro.

 

O objetivo principal do projeto da Federaminas é fomentar os negócios do setor de comércio em todo o Estado no período do Natal, considerado pelos empresários a data comemorativa mais importante em termos de faturamento e volume de vendas, com o apoio das associações comerciais, contribuindo, assim, para gerar maior faturamento para as empresas.

 

O presidente da entidade, Emílio Parolini, assinala que a promoção é dedicada exclusivamente aos empresários filiados às associações comerciais que, ao participar de um movimento forte de associativismo, percebem a diferença que ações promocionais como esta refletem em seus negócios, principalmente em uma quadra econômica difícil como a que o País enfrenta atualmente.
“A grande repercussão positiva do ano passado nos motiva ainda mais na realização desta nova campanha. E claro que aprimoramos alguns pontos como, por exemplo, a novidade da premiação aos vendedores das lojas participantes, no valor de R$ 25 mil”, anuncia o superintendente de Negócios, Ricardo Lacerda.

 

Com base em pesquisa realizada junto às lojas que apoiaram o projeto em 2015, 82% delas manifestaram interesse em participar da campanha de Natal de 2016.
A inovação de uma campanha de promoção de vendas com abrangência estadual chamou até mesmo a atenção da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB). Outras federações de ACEs em várias partes do País estudam a realização de projeto semelhante em seus estados.

 

O presidente Emílio Parolini observa que, além da satisfação de realizar um sonho pessoal, a campanha em 2015 demonstrou a força do movimento associativista. “Ao reunirmos ACEs de 74 cidades do Estado para, juntos, desenvolver um projeto em comum e que gerou resultados bastante positivos para associações comerciais integrantes do nosso sistema, tivemos a certeza de que o sonho já não era mais uma vontade, e sim uma realidade. Em 2016 será ainda melhor, tenho certeza!”, arrematou o líder classista.