REDES

Associação Comercial inaugura Câmara da Mulher Empreendedora de Itajubá

Em noite solene que reuniu a classe empresaria de Itajubá, a Associação Comercial, Industrial e Empresarial – Aciei, presidida pelo empresário Remy de Andrade Filho, formalizou a criação da Câmara da Mulher Empreendedora de Itajubá - CMEI. “Saltos em Negócios” foi o nome do evento de apresentação, realizado em 6 de novembro, ocasião em que ocorreu também a posse da primeira Diretoria da Câmara.

 

“Nesse espaço serão realizados cursos e palestras com o objetivo de capacitar as empreendedoras. Poderão participar da Câmara todas as mulheres que sentirem a necessidade de conhecer novas ferramentas para gerir seus negócios, sendo elas associadas ou não à entidade”, explicou a presidente da Câmara da Mulher Empreendedora, Priscila Moraes de Carvalho, também diretora de Consultoria Empresarial da ACIEI.

 

Segundo Priscila Moraes, a Câmara da Mulher Empreendedora é um espaço dedicado ao desenvolvimento do talento empreendedor e da capacidade administrativa das mulheres de Itajubá e região. “Dentro desse projeto serão levantados os problemas de cada segmento (comercial, empresarial e do empreendedor individual), elaborados planos de ação e realizadas consultorias, educação gerencial e promovidas oportunidades que resultem em geração de emprego e renda para o município”, conclui.

 

O presidente Remy de Andrade Filho convocou as mulheres de Itajubá para participarem da Câmara e também do dia a dia da Associação Comercial. Ele lembrou o papel de destaque que a mulher vem conquistando ao longo dos anos, mas chamou atenção também para as muitas conquistas que precisam ser alcançadas. “Juntos, podemos mais. Já passou da hora de termos uma cooperação e participação mais efetiva de vocês mulheres em nossa entidade. Aguardo o dia e espero contribuir para que chegue logo, para que possamos ver mulheres dividindo em plena igualdade quantitativa e qualitativa as decisões de nossa Associação”, afirmou.

 

Cenário
O presidente Remy Filho lembrou ainda que, de acordo com o governo brasileiro, em 2010 as mulheres já representavam 49,3% dos empreendedores do Brasil. “Em números absolutos, tínhamos 10,4 milhões de mulheres no comando de suas empresas. De cada 100 empreendedores individuais (MEI) 45 já eram mulheres. Em 2012, podemos afirmar, sem sombra de dúvida, que as mulheres já são maioria entre os empreendedores do país, muitas vezes por necessidade, outras por oportunidade”, salientou.

 

A missão da Câmara é a de promover justamente o fortalecimento e a união dessas mulheres empreendedoras, além de ser uma facilitadora na busca de parcerias e oportunidades de negócios.

 

 

Créditos: ASCOM ACIEI

Assessoria de Comunicação da Aciei / Federaminas, 28-12-2012