REDES

AC de Ubá lança o Programa Alimentos Seguros



Elevar a competitividade das empresas, aperfeiçoar os processos produtivos, reduzir os custos de produção e melhorar a qualidade e segurança dos produtos são fundamentais para que uma empresa se consolide no mercado. Pensando nisso, a Associação Comercial e Industrial de Ubá (Aciubá), em parceria com o Sebrae, implementa o PAS – Programa Alimentos Seguros. O objetivo é aumentar a segurança e a qualidade dos alimentos produzidos pelas empresas, ampliando a sua competitividade e reduzindo a incidência de contaminação e doenças veiculadas por alimentos.
 
O PAS atua através da implantação das Boas Práticas de Fabricação, que são princípios para o correto manuseio da matéria prima até o produto final, e do Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle, que trabalha as etapas da produção, analisando e definindo os perigos e os pontos críticos a serem controlados.
 
Como conseqüência, a empresa passa a ter alto nível de segurança nos alimentos. Além disso, ela reduz custos, ao diminuir substancialmente a destruição ou o reprocessamento de produtos, o que corresponde a um aumento de produtividade com qualidade e segurança. Detectados os problemas, medidas preventivas são adotadas. Tudo isso contribui para a consolidação da imagem e da credibilidade da empresa junto aos clientes, o que aumenta sua competitividade tanto no mercado interno como no externo.
 
Existe também um ganho institucional: a autoestima e a importância do trabalho em equipe para os funcionários da empresa, visto que as pessoas envolvidas passam a ter consciência do que fazem e por que fazem, ganhando autoconfiança e satisfação por produzirem alimentos com alto nível de segurança.
 
Um consultor indicado pelo Sebrae e pela Aciubá vai até a empresa, faz o diagnóstico e dá início ao trabalho de análise dos pontos a serem trabalhados, que culmina com a realização de medidas práticas, como a implementação de melhorias. Como incentivo às empresas, o Sebrae vai subsidiar 50% do custo do programa para os cinco primeiros associados da Aciubá que se inscreverem e está buscando recursos para atender outros cinco.
 
Para a superintendente da Associação Comercial e Industrial de Ubá, Maria do Carmo Gouveia Lopes, a participação das empresas do setor de gastronomia é essencial para que se eleve o nível de qualidade dos alimentos servidos e dos serviços prestados pelo bares, lanchonetes e restaurantes da cidade, que são o primeiro público alvo da ação. “As empresas devem buscar essa qualificação e aproveitar a oportunidade de melhorar a qualidade de seus produtos e de reduzir os custos. Além de uma melhoria geral, este é também o primeiro passo para os estabelecimentos se prepararem para o Festival Gastronômico, que será realizado em julho”, disse ela.