REDES

Resultado do Al-Invest 5.0

A Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), por meio do projeto de cooperação com a União Europeia Al-Invest 5.0, selecionou 18 propostas de desenvolvimento e melhoria da produtividade e competitividade das empresas no país. Foram contempladas seis associações e uma federação dos estados do Rio Grande do Sul, de Minas Gerais e do Paraná. As entidades devem receber esta semana o termo de adesão para o início das atividades.


O edital, lançado em agosto, avaliou critérios como o histórico da associação e do núcleo no desenvolvimento de atividades junto à CACB dentro do Programa Empreender, a adequação dos pedidos e a disponibilidade de recursos. Cada documento foi enviado de acordo com os pacotes de investimento estipulados no edital, que envolvem todas as ações a serem executadas no Brasil. Os primeiros selecionados serão beneficiados nos pacotes que prevêem sensibilização e motivação de empresários, além de apoio à criação de desenvolvimento de núcleos setoriais (1); apoio à participação de empresas brasileiras em eventos de promoção comercial internacional no Brasil ou em outros países da América do Sul (6); apoio à participação de empresas brasileiras em eventos de promoção comercial no Brasil (7); melhoria e desenvolvimento de produtos e/ou serviços (9); e inovação em produtos e processos (12).


Em Além Paraíba, Belo Horizonte e Uberlândia /MG, Medianeira e Marechal Cândido Rondon/PR, e Caxias do Sul/RS serão atendidas atividades voltadas para o avanço de núcleos setoriais de vestuário, beleza, indústria, gastronomia, soluções, agências de viagem, comércio, automóveis, mobiliário, medicina, academias, óticas, informática e economia criativa, entre outros.


O Al-Invest 5.0 é um programa de parceria da União Europeia com a América Latina que tem por objetivo a redução da pobreza na região e melhoria na produção das micro e pequenas empresas. O objetivo é beneficiar 16 países em quatro anos com o financiamento de 25 milhões de euros.


No Brasil, a CACB ainda recebe propostas para o primeiro edital, mas todas as atividades deverão ser executadas e finalizadas até dia 15/12/2016.  A segunda chamada está prevista para acontecer no primeiro semestre de 2017.