REDES

Presidente da Federaminas divulga serviços em encontro na sede da AC de Manhuaçu



A expansão de alguns setores e o crescimento da economia de Manhuaçu motivam ações de empresários e entidades diante de um novo cenário mercadológico. Esse foi o principal foco de debates em reunião com a presença do presidente da Federaminas, Wander Luis Silva, na sede da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Manhuaçu (Aciam), em 8 de outubro.

Desde 2007, a cidade experimenta uma mudança de perfil, especialmente no varejo, com a entrada de novos concorrentes locais e a chegada de grandes redes de magazines e supermercados. Durante o encontro, o presidente da Aciam, André Farrath Jaegger de Oliveira, que também é um dos vice-presidentes da Federaminas, apresentou exemplos positivos de empresários do município que se modernizaram para viver a nova realidade.

Farrath citou o crescimento e a modernização de mercearias dos bairros, o investimento nas lojas de material de construção, a expansão imobiliária e a reação do setor de móveis, vestuário e eletro. “Hoje, temos mercearias nos bairros que atendem a várias comunidades. É um segmento importante e que retirou uma fatia dos grandes que estavam só no centro. Muitas lojas renovaram sua estrutura, investiram em novas formas de pagamento e ampliaram suas vendas”, exemplificou.

Suporte - Desde o início do ano, com a posse de Wander Luís Silva na presidência da Federaminas - que congrega cerca de 400 Associações Comerciais -, as entidades federadas, como a Aciam, passaram a contar com suporte maior para o desenvolvimento de seu trabalho.

Durante a reunião, o presidente da Federaminas descreveu serviços e produtos que podem ser implantados na Aciam para auxiliar os empresários nessa fase emergente da economia local. Ele afirmou que a chegada àquela cidade das grandes redes é conseqüência do desenvolvimento, sendo necessário, portanto, ajustar as empresas a esse novo cenário.

O gerente regional do Sebrae, João Roberto, também participou do encontro para avaliar a parceria entre a Aciam e a microrregional do Sebrae em Manhuaçu, existente há mais de 15 anos.