REDES

O segredo do sucesso

A manhã do terceiro dia do XIX Congresso Federaminas – Criar é preciso – que está sendo realizado no Actuall Convention Hotel, em Contagem, foi marcada pela apresentação de cases de sucesso das Associações Comerciais, pelo 4º Encontro da Câmara Estadual da Mulher Empreendedora da Federaminas (CEME), pela apresentação dos produtos Federaminas e pela palestra do doutor em Comunicação, Dado Schneider, que falou sobre as mudanças em relação ao uso da tecnologia e os efeitos disso nos relacionamentos pessoais e empresariais.

 

O 4º Encontro da Câmara Estadual da Mulher Empreendedora da Federaminas (CEME) começou com a palestra de Carla Figueiredo, criadora da empresa de geração de conhecimento e inteligência de marketing Sugarpedia. Ela mostrou qual é o segredo do sucesso das empresas que estão no Vale do Silício, na Califórnia, EUA. Entre elas, Apple Inc., Google, Facebook, Symantec, eBay, Yahoo!, Hewlett-Packard (HP), Intel, e a Microsoft. “Sugarpedia é o que encontrei na Baía de San Francisco. Minha sede por conhecimento me levou a querer estudar o modelo de gestão das empresas do Vale do Silício. Queria muito entender como empresas que nasceram pequenas, entre os anos 90 e 2000, se tornaram líderes mundiais em tão pouco tempo. Entendi! O modelo mental que reina é o da abertura: abertura para trocar ideias, para fazer junto, até mesmo com o concorrente; abertura para juntar o novo e o velho e para errar”, falou Carla, no início de sua palestra.

 

Em seguida, a psicóloga Joelma Cristina, que tem formação internacional como Helper na área de desenvolvimento feminino e saúde da mulher, falou porque quem cultiva bons relacionamentos consegue criar e empreender melhor. “O nível de responsabilidades, preocupações e desafios de quem empreende hoje no Brasil é altíssimo. Criatividade é fruto de relaxamento e este não é um subproduto de tempos tranquilos, ou sem desafios. Relaxar é o resultado de saber relacionar de forma harmônica consigo e com o mundo, apesar de todas as turbulências. Estou aqui para oferecer alguns recursos neste sentido”, falou Joelma.

 

Cases de sucesso


Enquanto isso, em outra sala, algumas Associações Comerciais apresentaram seus cases de sucesso. O presidente da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi), Luís Henrique Alves, apresentou o case sobre a criação da Expor Outlet. Trata-se de uma feira para os associados, que foi criada pela Aciapi para combater as feiras itinerantes ilegais.

 

A Expor Outlet já está em sua segunda edição e está sendo realizada em parceria com a Expo Usipa, aproveitando seu espaço. Desta maneira, a Aciapi conseguiu stands com preços melhores para os expositores, com boa adesão dos associados e sucesso nas vendas. Foram 24 lojistas participantes, cada um com um stand. A entrada para o público foi gratuita. “Nossa intenção é fazer esta feira mais vezes ao longo do ano, junto com as datas das feiras itinerantes ilegais, para minimizar o impacto delas junto aos comerciantes. Estas duas edições foram só o começo, para ver se estamos no caminho certo”, falou Luís Henrique Alves.

 

Outro case apresentado foi o dos encontros empresariais criados pela Associação Comercial e Empresarial de Lagoa da Prata (ACE-LP). O presidente da ACE-LP, José Raimundo de Rezende, relatou que o encontro já completou 10 anos. Começou pequeno, mas, na última edição, já estava gigante, com adesão de 800 pessoas por noite! “Numa cidade pequena como a nossa isso foi muito significativo. O resultado foi um aumento de 30% dos nossos associados”, contou José Raimundo. Durante os encontros, que duram 3 noites, acontecem palestras e cursos e, para participar, é preciso apenas trocar o ingresso por 1 quilo de alimento não perecível.

 

Alina Gomes, da Associação Comercial e Empresarial de Além Paraíba, contou como a ACE Além Paraíba saiu da condição de quase fechar as portas por falta de recursos para uma situação de muito sucesso, com a criação de uma nova sede própria, crescimento dos associados, diversos Núcleos do Empreender, e uma renda mínima mensal fixa de R$75 mil reais após parceria com a UNOPAR, instituição do Sesi que faz ensino à distância. “Com essa parceria pudemos implantar os Núcleos do Empreender e realizar diversas ações com as quais pudemos conquistar novos associados. Tudo fruto do comprometimento da diretoria, que é toda participante do Empreender”, disse Alina.

 

Já a Associação Comercial, Industrial e de Prestação de Serviços de Coronel Fabriciano (ACICEL) apresentou o case da Faixa Azul On Line. A entidade implantou esse serviço na cidade, após a Guarda Mirim, entidade que detém a concessão para exploração do estacionamento rotativo de Fabriciano ter problemas em sua gestão e ficar endividada. “Pesquisamos qual seria a melhor maneira de implantar esse serviço na cidade, para trabalhar em parceria com a Guarda Mirim, e encontramos o serviço de Faixa Azul On Line, em que o usuário usa um aplicativo no celular para comprar um talão que dá direito de estacionamento na rua de até duas horas. Deu muito certo, conseguimos uma geração de renda de R$728 mil, com 8.758 clientes cadastrados e 25 guardas mirins trabalhando nesse serviço como fiscais, todos treinados e capacitados por nós”, disse o presidente da ACICEL, Marco Túlio Lamounier.

 

Digiriatria


Na sequência dos cases, começou a palestra de Dado Schneider. Ele falou sobre “O mundo mudou. Bem na minha vez!”. Ele começou a palestra provocando a plateia com músicas, mensagens e uma performance. Em seguida, foi abordando como o mundo tem mudado e como as pessoas precisam estar preparadas para essa mudança. Dado desenvolveu o conceito de “digiriatra”: seremos todos velhos digitais. Ou seja, para Dado, não adianta mais tentar fugir da tecnologia, sem ela a pessoa está fora do mundo. Dado Schneider é doutor em Comunicação, criador da marca Claro e professor.

 

Feijoada com samba e Mérito Empresarial


O encerramento do evento, depois do almoço e à noite, será com a 2ª Feijoada da Federaminas, quando haverá uma roda de samba e, ao final do dia, a solenidade e coquetel do Mérito Empresarial 2016 da Federaminas.

 

Durante o Mérito Empresarial, além das homenagens aos empresários, haverá destaque também para os gestores públicos que fizeram relevantes trabalhos em Minas Gerais. O diretor-presidente da Codemig, Marco Antônio Castello Branco, o presidente da Fiemg, Olavo Machado Junior, o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda e o vice-presidente do Conselho Regional de Administração (CRA-MG), Gilmar Camargo foram os escolhidos por sua boa atuação, cada um em seu setor.