REDES

Federaminas defende a reforma da Previdência

“O movimento das entidades empresariais mineiras mostra força e disposição do setor em lutar pelo que acredita ser o melhor para o País. Estamos otimistas e acreditamos que a votação da reforma da Previdência pode ocorrer ainda nos próximos dias”.

As palavras são do presidente da Federaminas, Emílio Parolini, ao destacar a manifestação das entidades representativas do setor produtivo mineiro, reunidas no Fórum das Entidades Empresariais de Minas Gerais, expressando seu irrestrito apoio à proposta de reforma da Previdência em tramitação no Congresso Nacional.

O manifesto com esse posicionamento foi levado no dia 6 à bancada mineira em Brasília por representantes das entidades, que também se reuniram com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, com o mesmo objetivo.

Entre outras colocações, o documento afirma que a sociedade brasileira paga hoje alto preço por não ter realizado no tempo certo as reformas fundamentais. Sustenta que o Brasil não pode mais conviver com um déficit anual de cerca de R$ 200 bilhões provocados pelos regimes de previdência vigentes; defende a correção de injustiças históricas que se alimentam da omissão e do fisiologismo do poder público; e pedem a aprovação da reforma previdenciária de forma a construir uma nação economicamente forte e justa na distribuição dos frutos do crescimento.

É a seguinte a íntegra do manifesto assinado pela Federaminas, ACMinas, CDL-BH, Ciemg, Faemg, FCDL, Fecomércio, Fetcemg, Fiemg e Ocemg. 


Reforma da Previdência Já!