REDES

Empresários e PM discutem questão da segurança em Patrocínio

Diante do aumento da criminalidade que assola a comunidade patrocinense, principalmente o comércio, a Associação Comercial de Patrocínio (Acip) reuniu, em 15 de fevereiro, empresários com a Polícia Militar para discutir a questão da segurança no município. O evento contou com a participação do tenente PM Pedro Henrique Alves Sá, do presidente do CCSPP – Conselho Comunitário de Segurança Preventiva de Patrocínio, Valdir Ferreira das Neves, do subsecretário Municipal de Trânsito e Transportes, major Divaldo Nestor da Silva, entre outros.

O projeto “Olho Vivo” foi amplamente discutido após a apresentação de custos com implantação, monitoramento e manutenção de 40 câmeras em pontos estratégicos no hipercentro da cidade. Segundo Valdir das Neves, as estatísticas demonstram que em municípios onde é adotado esse sistema como, Uberlândia, Uberaba, Campinas, Patos de Minas e Araxá, houve redução entre 60% a 70% na criminalidade.

Para o presidente da Acip, Cezar Reis, a função da instituição é promover o debate e buscar soluções junto aos associados, mobilizando a comunidade para promover a segurança de modo geral.  O tenente PM Pedro Sá elogiou a iniciativa e informou que busca estratégias e aplica medidas com a finalidade de aumentar a sensação de segurança dos patrocinenses.   

A Acip está cadastrando empresários seus associados na Rede Comércio Protegido, com o objetivo de auxiliar no trabalho junto à Policia Militar.