REDES

Comunidade de Paraopeba faz pacto em torno do Pró-Município

Mais de 500 representantes de todos os segmentos da comunidade de Paraopeba, na região central do Estado, se reuniram no auditório da Câmara de Vereadores da cidade para apoiar o estabelecimento de um pacto visando a impulsionar as ações do Pró-Município, projeto que objetiva promover o desenvolvimento local. O evento, nessa quarta-feira (13), foi promovido pela Prefeitura Municipal, juntamente com a Federaminas, Federação da Agricultura (Faemg), Codemig e Sindicato Rural e teve a finalidade de apresentar as etapas da implementaçãoi do programa.

  Fruto de parceria entre a Federaminas e o governo estadual, através da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), o Pró-Município desde 2017 vem somando esforços para desenhar e alavancar o desenvolvimento com sustentabilidade da economia dessa cidade, onde o projeto é executado com apoio da Faemg. Com este objetivo foi criado o Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável de Paraopeba (Condesp), constituído de representantes de entidades empresariais, poder público e sociedade civil e responsável pela definição das ações de interesse da comunidade a serem implementadas.  

No evento, o prefeito Juca Bahia e o presidente da Câmara Municipal, Nataniel Gomes, ressaltaram benefícios que o Pró-Município poderá proporcionar a Paraopeba. O presidente da Faemg, Roberto Simões, reafirmou o apoio da sua entidade ao programa e deixou clara a sua satisfação de vê-lo sendo desenvolvido em sua cidade natal.   O presidente da Federaminas, Emílio Parolini, destacou o engajamento da entidade acerca  das questões sociais, assumindo,   em parceria com as comunidades, esforços objetivando o desenvolvimento de dezenas de municípios. Também apontou o Observatório Social do Brasil (OBS) como importante ferramenta para auxiliar a sociedade a acompanhar a gestão dos recursos públicos, de forma a concentrar a aplicação dos investimentos no próprio município. Ele estava acompanhado do coordenador do Pró-Município, Nilson Borges,  e da assessora Duda Torres.

Palestras - O presidente do Observatório Social do Brasil (OBS), Ney Ribas, falou sobre as ações dessa instituição e promoveu uma reflexão dos presentes em torno de cidadania. Já o diretor do Instituto Orior, prof. Raimundo Soares, especialista em desenvolvimento de líderes, organizações e sociedades humanamente conscientes,  discorreu sobre o tema "O futuro em nossas mãos...é agora!". Realçou como os cidadãos podem contribuir para o desenvolvimento local.   Estiveram presentes no evento vereadores, secretários de governo, representantes de entidades empresariais, inclusive da Associação Comercial de Sete Lagoas e também da OBS nesse município.