REDES

Cartão da Federaminas injeta R$750 mi em crédito no mercado

A Federaminas lança no mercado cartão-crediário que pretende injetar no mercado cerca de 750 milhões de reais em crédito no espaço de 18 meses. A nova ferramenta, instituída em parceria com a Brasil Card, é voltada para o atendimento à camada de baixa renda da população, classes C e D, e está sendo operacionalizada através do sistema das associações comerciais do Estado (ACEs), constituído de mais de 300 entidades de municípios localizados em todas as regiões mineiras.

 

 

Denominado ACE-Federaminas, o cartão é mais um serviço que a entidade estadual disponibiliza visando a alavancar o movimento de vendas no varejo. Sobretudo nesta quadra de desaquecimento dos negócios, ele surge como suporte especialmente para os segmentos de micro e pequenas empresas, que constituem o principal universo filiado às associações comerciais do Estado, adianta o superintendente Ricardo Lacerda.

 

 

Por ter como característica a simplificação, o cartão tem como diferencial a liberação automática de R$ 250 em crédito. Esse limite aumenta à medida que se desenvolve o relacionamento do cliente sem inadimplência. Após o pagamento da primeira fatura, de imediato o teto passa para R$ 400 e cresce gradativamente até R$ 1,3 mil, sem necessidade de comprovação de renda e endereço pelo consumidor.

 

 

Lacerda assinala que as operações com o cartão ACE-Federaminas têm como objetivo proporcionar facilidade, comodidade, segurança e simplicidade para o usuário, além de assegurar retorno de vendas para o lojista também, sem riscos, otimizando seu fluxo de caixa.

 

 

Com o objetivo de estimular as associações comerciais a integrarem a rede que operacionaliza o cartão ACE-Federaminas, a entidade destaca como vantagens a perspectiva do aumento do número de empresas associadas e sua fidelização, por disponibilizarem um produto atrativo e de interesse dos comerciantes locais. Para estimular a promoção das vendas, as associações comerciais são beneficiadas com premiações por metas. Assim, no primeiro  mês em que o faturamento através dessa ferramenta atingir R$ 300 mil e R$ 600 mil, serão contempladas com uma moto 0 km e um carro 0 km, respectivamente.