REDES

Acid de olho na MG-050

A Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Divinópolis (Acid) acompanha com muita atenção as obras na rodovia MG-050. Usuários do trecho de Mateus Leme têm 100% da rodovia duplicada até Belo Horizonte, enquanto usuários de Divinópolis pagam pedágio de valor significativo e aguardam o cumprimento das obras pela Nascentes das Gerais. A Acid já buscou todos os meios de entendimento com a concessionária e junto às autoridades envolvidas, porém, ainda sem uma resposta satisfatória.


O presidente da Acid, Leonardo Santos Gabriel, esteve nesta semana (31), visitando as obras a caminho da capital mineira. “Quem vai a Belo Horizonte pela MG-050 já passou pelas obras, dignas de um investimento altíssimo, são muitos operários, máquinas, guindastes e vigas. Todas as obras e intervenções que sequer tiveram início já deveriam estar concluídas, sendo que a maioria conta com atraso superior a um ano, conforme o relatório “Sumário Executivo da Concessão de Rodovias” do Governo de Minas”, diz Gabriel.


A Acid tem recorrido ao Ministério Público (MP) e aguarda a intervenção para o cumprimento do contrato da concessionária Nascentes das Gerais. Na representação entregue em 19 de outubro ao MP, entre outras solicitações, a Acid solicitou instalar procedimento investigatório para confirmar as omissões, descontroles e descumprimento de prazos na realização das obras previstas no contrato de concessão da Parceria Público-Privada da MG-050, celebrado entre a concessionária e o governo de Minas Gerais. Assim, o MP entendeu e instaurou o Procedimento Preparatório para apurar a denúncia.